This is your life and it's ending one minute at a time. Ou então não e raiz'os parta a todos.

30
Jul 09

 

Sempre a desenrascar.

 

 

Sacado do dilidou.com/

publicado por G. o gajo. às 12:17

17
Jul 09

via :www.sedentario.org

publicado por G. o gajo. às 12:53
tags: , ,

14
Jul 09

Ou mais o que lhe quiserem chamar...

Hoje, dois exemplos. "São só 5 minutos!", "Eu estou mesmo aqui ao lado", bahhh.

 

Esta foi mesmo em frente à porta do trabalho. Ao lado temos uma loja de ferramentas, por isso imagens destas são às 3 e 4 por dia. Este belíssimo condutor consegue, ao mesmo tempo, ocupar 2 lugares e mesmo assim ficar dentro da faixa de rodagem. Esplêndido.

 

E agora uma que, infelizmente, vejo todos os dias. Com muita pena minha, porque vê-se que este país não passa das boas intenções.

O ano lectivo anterior na escola da E., foi dedicado à segurança rodoviária. Vieram os bombeiros, polícia, protecção civil. Ensinaram os miúdos a passar a estrada na passadeira, olhar sempre para os dois lados, usar sempre o cinto de segurança, e tudo e tudo e tudo.

 

Na minha opinião, deviam era ter ensinado os paizinhos, que nas reuniões de pais abanam a cabeça a concordar com tudo o que é dito sobre a segurança rodoviária, e depois fazem isto:

Todos os dias algum pai/mãe extremoso/a, deixa o carrinho em cima da passadeira. O que não falta são sítios para estacionar. Mas não, só não metem oo carro dentro da escola porque é capaz de riscar a pintura a passar na porta.

E todos os dias, eu passo na passadeira com a E., explicando-lhe porque é que o carro está mal ali, e esperando que ela, mais tarde, com carro, não cometa as mesmas faltas de respeito.

 

Porque o xico-espertismo é isso mesmo. Uma enorme falta de respeito.

publicado por G. o gajo. às 12:11

07
Jul 09

Depois do almoço, fui tomar o cafezito com a C. e um colega. Nas calmas. Tínhamos tempo. Na esplanada. Solzinho bom, brisa levezinha, muito bom.

 

Levantei-me e fui pagar. Ao balcão. Troco a haver. Cheirou-me a pão queimado.

 

Estranho.

 

Procurei.

 

Cantinho da bancada, torradeira, duas fatias de algo que ainda era pão. Prestes a deixar de o ser.

 

Chamei a atenção à menina, sorrindo: "Olhe que tem as torradas a queimar." .

 

Olhou para mim, sorriu, disse :"Tábem, tábem", como quem acha que não é pessoa para ser enganada. Como se eu a estivesse a enganar.

 

Repeti : "Não estou a brincar, tem as torradas a queimar". Recebi o troco, saí.

 

Acredito que 5 segundos antes ela tenha achado que eu estava a gozar com ela, meter conversa, arrastar a asa (linda maneira).

Neste momento, eu entrava no carro, e ela andava às voltas com o alarme de incêndio.

 

 

publicado por G. o gajo. às 19:02

mais sobre mim
comentários recentes
quando nos dá a saudade, é um problema: ficamos ma...
As coisas que tu descobres!... Trata-se portanto d...
NÃO NOS CONHECEMOS, CHEGUEI AQUI ATRAVES DO BLOG D...
Xiça...que miséria!!!!
E ainda dizem mal dos Alentejanos!!!!
SLB , SLB , SLB ...GLORIOSO SLB , GLORIOSO SLB ......
Agora estou : ZZZzzzzZZZZZzzzzZZZZzzzzzZZZZZzzz, c...
Vou entrar na tua " caixa vazia" e colocar lá os "...
Hum...ahhhhh, apanhaste-me. Mas ainda consegui dis...
Olha lá...tu ainda sabes o meu nome certo? É que n...