This is your life and it's ending one minute at a time. Ou então não e raiz'os parta a todos.

16
Jun 09

Estou, sim, é verdade. Cansado, queimado, fdd, o que quiserem.

A dois meses e meio da data prevista para férias (prevista porque ainda não sei as vou poder gozar), com o cansaço a apertar, ainda me fui meter numa Lan Party de 5 dias.

Ou seja, de 4ª até Domingo, em 32 horas possíveis para dormir(como uma pessoa normal), dormi perto de 16. Com um dia de trabalho pelo meio (6ª).

Muita jogatana, COD4, CODWAW, GRID, CS Source, blah, blah, blah. Risadas, convívio, pão com chouriço quentinho Às 6 da matina.

 

 

E o Domingo passado em modo Zombie...

Ainda bem que é só uma vez por ano. Estou a ficar velho.

publicado por G. o gajo. às 22:11
sinto-me: Em recuperação
tags: , ,

28
Jan 09

 

A) O GAJO DA INFORMÁTICA dorme. Pode parecer mentira, mas O GAJO DA INFORMÁTICA precisa de dormir e descansar como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem telemóvel e telefone em casa; ligue só para o escritório ou para o telemóvel entre as 09h00m e as 13h00 (manhã) ou entre as 15h00 e as 19h00 (tarde) de Segunda-feira a Sexta-feira. O GAJO DA INFORMÁTICA também precisa de descansar aos Sábados, Domingos, feriados e NOS DIAS QUE INDICOU como estando de férias.

B) O GAJO DA INFORMÁTICA come. Parece inacreditável, mas é verdade. O GAJO DA INFORMÁTICA também precisa de se alimentar e tem horas para isso, TODOS OS DIAS. (Mesmo que não cumpra essas horas, isso é sempre uma decisão do próprio).

C) O GAJO DA INFORMÁTICA pode ter família. Esta é a mais incrível de todas. Mesmo sendo um GAJO DA INFORMÁTICA, precisa de descansar no fim de semana para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em informática, impostos, formulários, reparações e demonstrações, manutenção, vírus, sistemas, backups, etc.

D) O GAJO DA INFORMÁTICA, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro. Por esta você não esperava, hã? É surpreendente, mas O GAJO DA INFORMÁTICA também paga impostos, compra comida, precisa de combustível, roupas e sapatos, e ainda consome Xanax para conseguir relaxar. Não peça aquilo pelo que não pode pagar ao GAJO DA INFORMÁTICA.

E) Ler e estudar também é trabalho. E trabalho sério. Pode parar de rir. Não é piada. Quando um GAJO DA INFORMÁTICA está concentrado num livro ou publicação especializada ele está a aprimorar-se como profissional, logo, a trabalhar.

F) De uma vez por todas, vale reforçar: O GAJO DA INFORMÁTICA não é vidente, não faz tarot e nem tem uma bola de cristal para adivinhar o que as outras pessoas pensam ou fazem. Se você julgou que era assim, demita-o e contrate um MEDIUM, um BRUXO ou um DETECTIVE. Ele precisa de analisar, planear, organizar-se e que lhe expliquem DETALHADAMENTE o que é pretendido para assim ter condições de fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são essenciais e não um luxo. Se você quer um milagre, ore bastante,faça jejum, e deixe o pobre do GAJO DA INFORMÁTICA em paz.

G) Em reuniões de amigos ou festas de família, O GAJO DA INFORMÁTICA deixa de ser O GAJO DA INFORMÁTICA e reassume o seu posto de amigo ou parente, exactamente como era antes dele ingressar nesta profissão. Não lhe peça conselhos ou dicas. Ele também tem o direito de se divertir.

H) Não existe uma 'listagenzinha', uma 'rotinazinha', nem um 'textozinho', um 'programinha muito fácil para controlar isto e aquilo', um 'problemazinho, que a máquina não liga', um 'sistemazinho', uma 'visitinha rápida (aliás, recordo que começa no momento em que saímos e se prolonga até chegarmos)'. Assim, esqueça os inha e os inho (programinha, textozinho, visitinha) ', pois os GAJOS DA INFORMÁTICA não resolvem este tipo de problemas. Listagens, rotinas e programas são frutos de análises cuidadosas e requerem atenção, dedicação. Planear, organizar, programar com concentração e dedicação, pode parecer inconcebível a uma boa parte da população, mas serve para tornar a vida do GAJO DA INFORMÁTICA mais suportável.

I) Quanto ao uso do telemóvel: o telemóvel é uma ferramenta de trabalho. Por favor, ligue apenas quando necessário. Fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, O GAJO DA INFORMÁTICA pode estar a fazer algumas das coisas que você nem pensou que ele fazia, como dormir ou namorar, por exemplo.

J) Pedir a mesma coisa várias vezes não faz O GAJO DA INFORMÁTICA trabalhar mais rapidamente. Solicite. Depois, aguarde o prazo dado pelo GAJO DA INFORMÁTICA.

K) Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 13h00m, não significa que você pode ligar às 12:58 horas. Se você só se lembrou do GAJO DA INFORMÁTICA a essa hora, azar o seu, espere e ligue após o horário do almoço (lembra-se do item B?). O mesmo vale para a parte da tarde: ligue no dia seguinte.

L) Quando O GAJO DA INFORMÁTICA estiver a apresentar um projecto, por favor, não o bombardeie com centenas de perguntas durante a reunião. Isso tira a concentração, além de lhe dar cabo da paciência. ATENÇÃO: Evite perguntas que não tenham relação com o projecto, tipo "Quanto é custou o seu portátil? Aposto que nada, que te dão todo o material com que trabalhas." ou "O que acha que devo comprar para o meu filho jogar em casa, um portátil ou um desktop?

M) O GAJO DA INFORMÁTICA não inventa problemas, não faz actualizações automáticas de Windows piratas, não tem relação com vírus, em resumo, NÃO É CULPADO PELO MAU USO DE EQUIPAMENTOS, INTERNET E RELATIVOS. Não reclame de coisas de que ele não tem a mínima culpa que você tenha adquirido! O GAJO DA INFORMÁTICA com certeza fez o possível e dentro da legislação em vigor para você pagar menos. Se quer fazer upgrades de borla, instalar programinhas giros, etc., faça-o, mas antes demita O GAJO DA INFORMÁTICA e contrate um TÉCNICO DE EMERGÊNCIA MÉDICA.

N) Os GAJOS DA INFORMÁTICA não são os criadores dos ditados "o barato sai caro" e "quem paga mal paga a dobrar". Mas eles concordam.

O) Informática é uma matéria referente a computadores (HARDWARE ou SOFTWARE e muito raramente, os dois ao mesmo tempo), e não TV's, telemóveis e electrodomésticos, etc. Por isso mesmo O GAJO DA INFORMÁTICA não vai ensinar-lhe a mexer no telemóvel, reparar a sua TV, explicar-lhe porque é que comando da sala de estar não funciona quando as pilhas estão esgotadas, entre muitas outras questões.

P) Existem vários tipos de GAJOS DA INFORMÁTICA e cada um tem a sua especialização. Se você parte uma perna não vai ao oftalmologista , pois não? Assim, se o GAJO DA INFORMÁTICA é especialista em software e programação poderá não estar muito à vontade sobre HARDWARE ou REDES e vice-versa para realizar um trabalho de qualidade, portanto não lhe peça para executar trabalhos nos quais não é especialista dizendo "você consegue fazer, para que é que eu vou chamar outra pessoa se você é mesmo bom nisto da informática?".

 

Copiado à descarada do WebTuga...mas pode ser de outro autor qualquer.

publicado por G. o gajo. às 10:04
sinto-me: Compreendido

13
Dez 08

Esta merece aquele cliché : "São mesmo americanos, só pode" :

 sol.sapo.pt/PaginaInicial/Tecnologia/Interior.aspx

 

"O caso teve lugar em Austin, no Texas, onde a jovem castigada foi apanhada pela docente a distribuir uma versão de HeliOS Linux aos seus colegas.

A estudante acabou por ser suspensa e todas as cópias que estava a distribuir foram confiscadas pela professora, que acabou também por enviar um e-mail a Ken Starks, o criador do HeliOS e um dos acérrimos defensores dos sistemas baseados em Linux.

Na mensagem, que Ken Starks disponibilizou on-line no seu blogue pessoal, a docente afirma que «não posso nem apoiar os seus esforços [em defesa do software livre] nem permitir que eles aconteçam na minha sala de aula», alegando que «não tenho a certeza de o que você faz é legal».

Para Karen, como é tratada a docente, «nenhum software é gratuito e espalhar este juízo falso é perigoso. Estas crianças procuram nos adultos um guia a disciplina».

A professora avançou mesmo que «vou investigar isto quando tiver tempo e quero garantir que, se você estiver a fazer alguma coisa ilegal, vou apresentar queixa em tribunal».

Ken Starks respondeu de imediato, afirmando que «em primeiro lugar, se houvesse a mínima hipótese de ter feito alguma coisa ilegal, nem sequer o teria feito».

«Pensar que eu iria envolver jovens em actividades ilegais é um insulto além do ultraje», sublinha o programador.

Na mensagem enviada ao criador do HeliOS, a professora refere ainda que chegou a experimentar o Linux na universidade e defende que as ideias de Starks sobre o seu sistema operativo são «exageradas e baseadas em falsidade».

Karen sublinhou que «este é um mundo onde o Windows corre em praticamente todos os computadores e criar um espectáculo à volta de um sistema operativo não vai ajudar as crianças».

O programador criticou esta referência ao software da Microsoft, defendendo que «o mais perturbador é o facto de que o Austin Independent School District [que integra a escola de Karen] gasta milhões de dólares em software da Microsoft – dinheiro esse que seria mais bem gasto em educar as nossas crianças. Um professor dedicado iria reconhecê-lo e iria defender o software livre», rematou."

 

Até onde chega a estupidez humana. Estão tão formatados a pagar tudo, que estranham imediatamente se lhes aparece pela frente algo pelo qual não têm que pagar.

publicado por G. o gajo. às 13:04
tags: , , ,

mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

9 seguidores

comentários recentes
quando nos dá a saudade, é um problema: ficamos ma...
As coisas que tu descobres!... Trata-se portanto d...
NÃO NOS CONHECEMOS, CHEGUEI AQUI ATRAVES DO BLOG D...
Xiça...que miséria!!!!
E ainda dizem mal dos Alentejanos!!!!
SLB , SLB , SLB ...GLORIOSO SLB , GLORIOSO SLB ......
Agora estou : ZZZzzzzZZZZZzzzzZZZZzzzzzZZZZZzzz, c...
Vou entrar na tua " caixa vazia" e colocar lá os "...
Hum...ahhhhh, apanhaste-me. Mas ainda consegui dis...
Olha lá...tu ainda sabes o meu nome certo? É que n...